segunda-feira, 3 de junho de 2013

BONITINHA, MAS ORDINÁRIA























































































Ficha Técnica:


Gênero: Drama

Duração: 90 min

Ano de Lançamento: 2013 (Brasil)


Site Oficial: http://bonitinhamasordinaria.com.br/


Trailer:




Direção: Moacyr Góes






















Roteiro: Moacyr Góes, baseado na peça de 1962

''Otto Lara Resende ou Bonitinha, mas ordinária''
























de Nelson Rodrigues






















Música (Direção): Ary Sperling

Fotografia: Jacques Cheuiche

Direção de Arte: Paulo Flaksman

Figurino: Bettine Silveira




Elenco Principal:



João Miguel (Edgar)


















Leandra Leal (Ritinha)



















Letícia Colin (Maria Cecília)






















Leon Góes (Peixoto)






















Gracindo Junior (Dr. Werneck)























Ângela Leal (Dona Berta)




































(Leandra e Ângela Leal, mãe e filha em cena do filme)




Ligia Cortez (Dona Ligia)


















André Valli (Porteiro Osíris)























Giselle Lima (Tereza)






















Maria do Carmo Soares (Dona Ivete)























Alcemar Vieira (Alfredinho)
Daniela Galli (Ana Isabel)
Patricia Elizardo (Nadir)
Daniel Vilas (Alírio)
Paulo Giardini (Fontainha)
Mauro Salvatore (Arturzinho)
Lisa Fávero (Aurora)
Beatriz Bertu (Dinorá)
Rafael Zulu (Segurança)
Val Perré (Negro 1)
Rodrigo dos Santos (Negro 2)
Wanderson Brasil (Negro 3)
Robson Santos (Negro 4)
Rodrigo Nogueira (Bingo)
Dejane Alves (DJ)
Guilherme Linhares (Personal Trainer)
Edmilson Santin (Mendigo)
Gillray Coutinho (Presidente da Comissão)
Iano Salomão (Amigo 1)
Augusto Garcia (Amigo 2)
Alexandre Zachia (Coveiro)































Fiel ao texto de Nelson Rodrigues, ainda que mostrado em tempos atuais, o filme retrata os costumes e as tentações que colocam à prova a todo instante o caráter do cidadão comum.
Edgar não consegue livrar-se do efeito de uma frase de Otto Lara Rezende: "o mineiro só é solidário no câncer".
Tirando suas próprias conclusões, está certo de que pode aplicar a frase a qualquer pessoa.
Durante um pileque com o colega de trabalho Peixoto, recebe dele a proposta de se casar com a filha do patrão, sua cunhada Maria Cecília, em troca de dinheiro.
A razão para esta oferta concentra-se no fato da menina ter sido currada por um grupo de negros durante um baile em uma favela carioca. Para tentar concertar o terrível acontecimento, a família vê no casamento uma saída, mesmo que tenha que comprar o noivo.









Conclusão (spoilers):


Edgar, que vive com a mãe de maneira humilde e se sente atraído pela vizinha Rita, passa a lutar com a própria consciência, que recusa-se a aceitar a oferta. Sua repulsa aumenta ao tentar conversar com Dr. Werneck, chefe e pai da garota, e perceber nele os defeitos mais abomináveis a seus olhos de rapaz trabalhador.
O chefe lhe dá então um cheque de 5 milhões e o desafia a tentar manter a integridade ou a descontá-lo no banco mais próximo.
Durante um encontro dentro de um cemitério, descobre que a namorada Rita ganha algum dinheiro prostituindo-se.
Tenta então aproximar-se de Maria Cecília, convencendo-se de que não se trata de interesse, mas afeto verdadeiro.


















































A garota, que até então mostrara-se recatada, beija-o perto da piscina de sua casa, chamando-o pelo nome de um dos negros do estupro. Peixoto presencia a cena e querendo, por fim, abrir os olhos do amigo, conta-lhe a verdade: Maria Cecília pedira a ele para que a levasse à uma favela e assistisse a curra, realizando sua fantasia sexual.
















































Perplexo, Edgar deixa a cena e Peixoto afoga a cunhada na piscina.
No final, o bom rapaz decide construir a vida ao lado de Ritinha, esquecendo-se do passado e inclusive rasgando o cheque.
O texto traz algumas pérolas de Nelson, entre elas:
''A mulher rica é a única mulher limpa. Mulher com grana nem transpira''
Boa adaptação.









Um comentário:

  1. Pelo que eu entendi ela foi estuprada e depois voltou pra favela pois tinha uma "tara, fantasia" nisso?! Lixo

    ResponderExcluir