sábado, 24 de janeiro de 2015

ANTES DE DORMIR

Before I Go to Sleep




































































Ficha Técnica:


Gênero: Suspense

Duração: 92 min

Ano de Lançamento: 2014 (UK, USA, França e Suécia)


Trailer:




Direção e Roteiro: Rowan Joffe





















baseado no livro publicado em 2011,
"Before I Go to Sleep"







































































de S. J. Watson































Música: Ed Shearmur


























Fotografia: Ben Davis

Direção de Arte: Tim Blake, John West e
Mark Raggett

Figurino: Michele Clapton




Elenco Principal:


Nicole Kidman (Christine)



























Colin Firth (Ben)






























Mark Strong (Dr. Nasch)





















Anne-Marie Duff (Claire)






















Adam Levy (Ben)

























Dean-Charles Chapman (Adam)

























Ben Crompton (Zelador)































Gabriel Strong (Garoto na Bicicleta)
Flynn MacArthur (Garoto do Sonho)






Christine desperta todas as manhãs, há 14 anos, sem ter ideia de quem seja o sujeito que a abraça na cama ou mesmo do local em que se encontra. 
A mulher sofre de um caso raro de amnésia que faz com que esqueça tudo que viveu no dia anterior, após uma noite de sono.
Ben, o marido, pacientemente volta a explicar quem é e com a ajuda de um mural de fotos tenta acalmar a esposa.




























Logo após sua saída para o trabalho, o telefone toca e uma voz se identifica como sendo Nasch, um médico psiquiatra que cuida dela sem o conhecimento de Ben. 
No encontro com ele, ficamos sabendo que a mulher não sofrera nenhum acidente, como a fizera crer o esposo naquela manhã, mas que fora atacada violentamente por um desconhecido. 
























A terapia inclui a utilização de uma câmera, com a qual ela vai registrando os acontecimentos para que não se sinta tão desorientada ao acordar.
































Desenvolvimento e Conclusão (spoilers):

Com a ajuda do Dr. Nasch e de uma amiga que conseguem localizar e de quem ela mantém esparsas lembranças, a verdadeira história se constrói: no passado, a professora Christine iniciara um romance com um colega, sem saber que se tratava de um psicótico.
O bandido a levara a um hotel e a espancara quase até a morte.

















Após 10 anos, sem poder suportar a situação de ver a esposa desconhecer o filho todas as manhãs, o verdadeiro marido decidiu interná-la em uma clínica. 
Falsificando documentos, o agressor retira a ex-amante da internação e a leva para sua casa. Durante 4 anos faz-se passar pelo marido, Ben, mantendo sua vítima num casamento supostamente feliz.
É com ele as cenas que assistimos no início do filme. 
Percebendo-se descoberto, leva a vítima para o local do atentado para torturá-la.
Desta vez ela consegue fugir e o covarde é preso.




















Cenas finais, o verdadeiro Ben visita Christine no hospital, seguido do filho adolescente. 



















Uma brincadeira que fazia com a mãe quando criança, e que ela mantém na memória, intensifica as emoções e traz alguma esperança para o futuro.
Ótimo suspense.